Skip to content

O cachorro e o pão

15 de janeiro de 2018

Um dia desses, estava indo pra casa depois de passar na padaria e comprar sopa e pão para o jantar. Encontrei um catioro lutando para rasgar um saco de lixo e fui logo pensando: “tadinho, está com fome!”.

Coração comovido, tratei de pegar um pedaço do meu pão e dei pro bichinho…que ignorou solenemente e voltou a lutar com o saco de lixo! 🤦🏼‍♀️🙄😤

Passada a vontade de esfregar o pão na cara dele, algumas importantes reflexões geradas pelo cão que rejeitou o pão:

A) Ele não me pediu nada. Talvez não estivesse com fome, apenas curtindo o lixo, ou quem sabe faz dieta low carb e queria um bife. Ou seja, não tinha obrigação de aceitar o que ofereci.

B) Dei o pão porque era o que eu podia dar. Fiz meu melhor, mas o marmotinha exerceu seu direito canino de esnobar.

Moral da história: a gente só pode dar aquilo que tem, e ninguém tem obrigação de aceitar. Oferecer é nossa opção, recusar é opção do outro. Só sabemos nossas razões para oferecer, talvez nunca saibamos as razões da recusa. E segue o baile.

P.s.: o cachorro da foto é o Bob, um dos meus, que faz dupla com o Marley. ❤️

Se mesmo ele, que me ama muito, às vezes rejeita a comida que ofereço, imagina um serumaninho que me viu uma vez só e não sabe o tanto que eu sou legal, né não? 😏😊

Anúncios

From → Proseando

Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: