Skip to content

As duas faces da moeda

26 de junho de 2014

E a Copa segue seu rumo. A fase de grupos terminou e muitas seleções já deram adeus ao sonho de ser campeão do mundo em terras brasileiras.

Nos jogos decisivos, fico sempre (sempre mesmo!) com o coração dividido: empolgada com a alegria dos vencedores e mortificada com a tristeza de quem perde. Se os jogadores choram, se bobear (e não tiver ninguém olhando) eu choro junto. Fico pensando no tamanho da frustração e no que passa pela cabeça de cada um nesta hora. Porque ver um sonho acabando dói, né minha gente? E não é um sonho individual, é o sonho de um time que representa um país. Rapaz, como é que faz com tanto tristeza?

Do outro lado, uma alegria que transborda, que não cabe em si. Porque realizar sonhos é bom demais, oh se é. Todo o esforço, todo o suor, toda a tensão viram explosão de felicidade.

Contrastes do futebol que também se refletem na vida. Não se ganha sempre, nem todo o sonho se realiza, e alguns acabam. Um dia marcamos gol e comemoramos, em outro pisamos na bola e chutamos para fora. O importante é jogar bem, de corpo e alma, curtir o jogo, jogar limpo e dar o melhor de si. Tristeza ou alegria, vitória ou derrota, a vida segue seu rumo. Outros jogos, sonhos e oportunidades virão. Bola para frente.

Anúncios

From → Proseando

Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: