Skip to content

A culpa é das estrelas

16 de março de 2014

Áries com ascendente em Áries e lua em Áries. Essa sou eu. Para os que estão pensando “essa mulher deve ser de lascar o coco”, só digo uma coisa: podia ser pior, rs.

Então, cá estou eu, triplamente ariana, vivendo o tão temido inferno astral. Aquela época em que a “jurupoca costuma piar”, astrologicamente falando. Sabe o cão, digo, o carneiro chupando manga? Então, sou eu. Cansada, irritada, descompensada e outros “adas”. Cuidado, ariana à beira de um ataque de nervos.

Mas antes que venham me julgar e atirar pedras neste carneiro cabeçudo, já vou logo avisando: a culpa é minha, então boto em quem eu quiser. Então eu digo que a culpa é das estrelas, e ponto.

O Sol e a Lua teimam em se opor um ao outro e vivem brincando de esconde-esconde. Para que isso, minha gente? Se acertem aí em cima e manda luz em dobro aqui para baixo.

Não bastasse isso, Saturno se agita tanto que parece estar brincando de bambolê com seus anéis. E eu que me vire nos 30. Digo, 40. 😱

Vênus deve andar de TPM, só pode. Ou brigou com Urano, aquele fanfarrão com mania de liberdade, e só de dor de cotovelo, resolveu fazer “jogo duro” com o povo cá da Terra. Tipo, eu.

Netuno, dramático que só, sente a dor do mundo e quer dividir com a galera. Águas agitadas que deixariam um pisciano feliz. Para os arianos, isso bota mais água na fervura.

Ah, claro, não esqueçamos de Plutão, que não para quieto e só quer saber de mudança. Sempre que se movimenta, não deixa pedra sobre pedra. Durma com um barulho desses.

Mercúrio tem problemas de comunicação com a sua “patota” e, adivinha, sobra para todo mundo. Ah, vá.

Júpiter sempre foi um cara assim, como direi, filosófico. Parece até seus dilemas ficam cada vez mais profundos, e essa inquietude se expande pelo universo afora.

Da Terra nem posso reclamar muito, porque a coitada está assim, digamos, sobrecarregada com o povo que por aqui vive. Os outros, não eu, já que sou uma flor de candura (né Marte?). Não está fácil para ninguém.

Para fechar o bonde, tem Marte, meu planeta regente. Este camarada é assim, como direi, um tanto agitado. Um pouquinho impulsivo. Quase nada agressivo. Cheio de desejos. E eu sofro sua influência multiplicada por três. Entendeu o drama ou quer que eu desenhe? E vai desculpando o mau jeito, sabe como é…

A boa notícia é que está festa da uva tem data para acabar. Logo, o sol entrará em Áries iluminando tudo. Aí, a uva vai virar vinho, e o inferno terá acabado. Um novo ciclo vai começar, repleto de novas energias. Espero que a nova história que está escrita nas estrelas seja beeeem feliz. ⭐️⭐️⭐️

Anúncios

From → Proseando

Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: