Skip to content

2014: menos minhocas, mais borboletas

1 de janeiro de 2014

O milagre aconteceu de novo. Viramos a página. Zeramos o cronômetro. A ampulheta foi virada. Ganhamos um bolo novo para saborear. Calendário inteiro pela frente. Papel em branco, caneta carregada, novas histórias para escrever.

Não é mentira dizer que, ano passado, este blog nasceu da falta de uma lista de resoluções de Ano Novo. Este ano, é diferente. Minha lista de resoluções reúne atitudes que já tinha de ter tomado faz tempo. Coisas do tipo “demorou”, “já não era sem tempo”, “até que enfim”. Olhando o copo meio cheio (nesta época do ano, de espumante, claro), gosto de pensar nelas como decisões do tipo “nunca é tarde demais”.

Divã

Em março, farei 40 anos. Se essa não é uma boa idade para começar a fazer análise, não sei qual é. Então, bora lá, abrir a caixa de pandora, enfrentar os fantasmas e tirar os esqueletos do armário. Que Deus, Freud e Jung me ajudem.

Mente sã em corpo são

Dificilmente vou virar uma atleta, mas vou colocar algum exercício na minha vida. Já que a maldita lei da gravidade não colabora comigo, o jeito é eu mesma resolver a parada. E não, meu objetivo não é ter barriga negativa, porque negatividade é algo assim…negativo. Sem mais.

Ah, sim, a alimentação. Meu calcanhar de Aquiles, Magali que sou. Sem radicalismos aqui, mas já caiu a ficha de que preciso “maneirar” com a comilança desenfreada, tanto em qualidade como em quantidade. Um passo de cada vez, só por hoje, talvez amanhã.

Minha casa, minha vida

Morro de preguiça só de pensar, mas preciso reformar minha casa. Se ela pudesse falar, já teria me expulsado de lá. Primeiro porque mal parei em casa ano passado, e segundo porque venho adiando a reforma já tem um tempinho. Bem, não tem como fazer omelete sem quebrar os ovos, certo? Este ano, vou deixar minha casa mais aconchegante, tanto para mim quanto para receber as pessoas que eu gosto.

La dolce vita

Amo viajar e espero que 2014 me traga viagens espetaculares. Quero conhecer o vizinho Chile e voltar para minha amada Itália. No mais, deixa a vida me levar, vida leva eu.

O caminho do meio

Engajada sim, workaholic não. Trabalhar é preciso, dinheiro é bom e eu gosto, mas a balança precisa ficar mais equilibrada. O trabalho tem ficado com a maior parte do meu tempo e da minha energia. Para a família e os amigos, só tem sobrado os restos. Também preciso aprender a “desligar” do trabalho quando não estou “na firma”. Quero estar inteira onde estiver, e ter interações de qualidade comigo, com os outros e com o mundo.

Menos minhocas, mais borboletas

Desde que me separei, venho cuidadosamente evitando relacionamentos. No começo, eu estava tão intoxicada da relação anterior que precisa de um tempo para me reabilitar. Depois, descobri como era bom ser o centro do meu universo e quis curtir a sensação de liberdade e independência. Depois…bom, depois acho que perdi a mão mesmo, e desaprendi o jogo. Ainda não comecei a terapia, mas é evidente que aqui tem um elemento forte de “gato escaldado tem medo de água fria”. Ariana que sou, gosto de estar no controle da situação, e colocar um segundo “elemento” (elemento = namorado, rs) nesta equação coloca em risco o meu mundinho fechado e indefectível. Já tive tempo suficiente para entender que 1) antes só que mal acompanhada e 2) bem acompanhada é melhor que só, então acho que já é tempo de take a leap of faith, me jogar, voltar para a pista etc. Processo seletivo aberto, estamos aí. #prontofalei.

Que 2014 seja um ano com menos minhocas na cabeça e mais (muito mais) borboletas no estômago e vagalumes no coração. Amém.

Anúncios

From → Uncategorized

Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: