Skip to content

Guerra e Paz

29 de agosto de 2013

Na TV, fala-se de guerra. Há guerra no mundo, há batalhas sendo travadas em nosso país (contra a pobreza, a corrupção, a injustiça).

Não muito longe dessas guerras, na sala da justiça, cada um luta suas próprias batalhas. Guerras contra os outros (o inferno são sempre eles, já repararam?) e, pior que tudo, guerras internas. Você contra você, em infinitos diálogos internos. Dúvidas, inseguranças, resmungos, gritos. Às vezes, o diálogo que você ensaia é com outro ser que ousou despertar a ira do seu titã interno. Perigo, perigo. Isso cansa, envelhece. Isso dói e não constrói. Respira, inspira, não pira.

Menos guerra, mais amor. Para dentro e para fora. Para o mundo e dentro do seu universo particular. Que os diálogos ensaiados sejam sedução, não discussão. Ou ainda melhor, que tudo se aquiete para que a paz, com seu silêncio, poder ser ouvida.

Anúncios

From → Proseando

Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: