Skip to content

Com que roupa?

19 de maio de 2013

Uma das manias que tenho é escolher a roupa que vou usar no dia seguinte na véspera. Com isso, ganho preciosos minutinhos de sono de manhã. 😉

Algumas vezes, a escolha é simples e rápida. Em outras (a maioria, rs), isso requer um pouco mais das minhas habilidades decisórias. Às vezes, como hoje, acontece de eu ficar olhando para o armário abarrotado de roupas e pensar “não tenho nada para vestir” amanhã. Perdão Senhor, porque definitivamente não é este o caso. Como foi Deus quem nos criou, ele deve dar um desconto para esses exageros fashionistas. I hope so.

Acontece que, para nós, decidir o que vestir vai muito além de cores e tecidos. A escolha depende de nosso estado físico, emocional e psicológico, depende do clima, dos lugares para os quais iremos, das pessoas que vamos encontrar, das mensagens que queremos passar e por aí vai. O que para os homens é tão simples quanto 2+2, para nós mulheres fica mais complexo do que a fórmula de bhaskara. Afinal, são vários os fatores para combinar, não é? Vestido, saia ou calça? Camisa executiva ou blusa romântica? Blazer ou sweater? Ah, sim, tem as bolsas e os sapatos. Aliás, as moças apaixonadas por sapatos (Cinderela feelings) começam a montar o look por essa peça, e depois escolhem o resto. Salto alto ou sapatilha? Bota de cano alto ou baixo? Para fechar com chave de ouro, elas ainda precisam escolher os acessórios: anéis, relógios, brincos, lenços, pulseiras e demais sutilezas (ou nem tanto).

Eu acho máximo ver a mulherada desfilando suas produções maravilhosas, com tudo o que têm direito. Na hora de escolher o que vestir, no entanto, costumo ser mais básica, optando por coisas discretas, clássicas e confortáveis. Às vezes faço uma “graça” ou outra, mas me mantenho fiel ao meu estilo porque é assim que me sinto bem. E é para isso que nos vestimos, não é? Para nos sentirmos bem, bonitas, seguras, felizes. Não tem estilo certo ou errado, tem o estilo que combina com você. A moda nos traz dicas, inspiração, referências, mas nunca vou usar algo que não me faz sentir bem só porque é o “must have” da estação. Nem Brad Pitt teria me convencido a usar calça saruel (nada contra quem usa e gosta, bem entendido).

Ah, sim! Concordo com o que postou hoje uma amiga que dá show de elegância: é a mulher que faz o vestido, e não o contrário. Vestir marca da cabeça aos pés não garante elegância para ninguém. Por outro lado, há mulheres tão deslumbrantes que brilham sem fazer nenhum esforço, de jeans e camiseta branca. Essas, eu admiro e invejo com a mesma intensidade, rs.

Eu escolhi um pertinho básico para simplificar minha segunda-feira, mas ainda não consegui decidir qual será o lenço que vou usar para dar um “toque de cor”. Verde ou lilás, oh dúvida cruel. 🙂

Anúncios

From → Proseando

Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: