Skip to content

O curto drama dos cabelos curtos

4 de janeiro de 2013

Faz tempo que sou uma mulher de cabelos curtos, apesar de já ter tido cabelão. Fui desapegando aos poucos e já não me vejo de outro jeito. Hoje, ao chegar ao salão, pedi para o cabeleireiro cortar “um pouco mais curto” do que de costume. Ele se empolgou e o pouco acabou virando “bem mais curto”. Curtíssimo, minha gente. Quando vi, pensei: ops, não era bem isso o que eu tinha pensado. E aí, como faz? Tem botão desfazer? Dá para deletar e começar de novo?

Obviamente, a resposta é não. Eu, que não gosto de drama, superei o “trauma” rapidinho — afinal, cabelo cresce — e já saí do salão “de bem” com o novo visual. Ao longo do dia, recebi várias afirmações positivas (também conhecidas como elogios) e, verdade seja dita, isso ajudo bastante no processo de “apaixonamento” pelo novo corte.

Com essa história do cabelo, resolvi antecipar o “manifesto anti mimimi”, que estava na lista de temas sobre os quais quero escrever. É fato: muitas vezes as coisas saem do nosso controle. Impressionante como a vida não segue script. Ou, pelo menos, não segue o nosso script. A todo o momento, nos deparamos com situações inesperadas ─ é o cabelo mais curto, é a projeto que não termina, é o namoro que não deslancha, é o prato que vem diferente no restaurante, e por aí vai. É normal ficar chateado, porque somos seres humanos, afinal de contas. O que não é normal é empacar na vida por causa disso. O que não é normal é entrar no labirinto do “mimimi” e não sair mais. Eu resmungo, tu resmungas, todo mundo resmunga. Até a página 2, tudo certo. Depois, melhor lavar o rosto e voltar à luta. Experiência própria, isso não resolve nada, e ainda piora a situação.

Cabelo cresce, machucado cicatriza, tristeza passa. O tempo ajuda, mas a gente também precisa se ajudar. Olhar o copo meio cheio (tem espaço para mais vinho, olha que bacana!) é clichê, mas funciona. Obviamente, há diferentes tipos de dores, e cada uma tem tempos diferentes para passar, mas vai passar. Ou a gente vai aprender a conviver com a dor de um jeito diferente, e vai seguir em frente. Let it be, let it go. Nem tudo vai ser do jeito que a gente quer na vida. E, às vezes, o inesperado, que parecia problema, acaba se transformando em presente. E cá estou eu, curtindo muito o meu cabelo curtíssimo.

A escolha da trilha tem sido uma diversão à parte. Fuço daqui, penso dali e, de repente, acho a música certa. Ou a música certa me acha. Rolling Stones é o que temos para hoje.

Anúncios

From → Proseando

14 Comentários
  1. Inara permalink

    Vc fica chique de cabelos curtos. Foto, PLEASE!

  2. Ale Surek permalink

    e ainda economiza no shampoo, na água… Leva a vida mais sustentável ainda… Hahahaha
    Olha que ainda nem te vi e já estou achando o máximo. Let it go and keep being happy honey!

  3. Luciana permalink

    Foto!!

  4. Hi,ladies. Depois de muita briga com esse bendito site, agora consegui colocar uma fotinho.

  5. Sandra permalink

    Zeze posso confirmar com certeza – cabelo cresce e tudo passa….e o que ocorreu de mal em nossa vida a gente acaba esquecendo, como se não houvesse ocorrido com a gente. E preciso se esforçar para lembrar.

    • Oi, Sandroca! Que bom te “ver’ por aqui. Esse é um dos tantos milagres da vida. Tudo passa, se a gente tiver a atitude de ‘levantar, sacudir a poeira e dar a volta por cima’. Assim como você, minha amiga. Um beijo!

  6. Bel permalink

    Ficou super moderno Zeilinha, adorei, e o credito da foto eh meu ta? rrsrsrs HA….. nada de colocar o cabelo atras da orelha! acaba com o corte! tenho dito! srsrsr

    • Belzinha, os créditos da foto são todos seus! Você sabe que colocar o cabelo atrás da orelha é mania antiga, mas vou tentar me controlar. Bjs!

  7. Ana Bellé permalink

    Mimimi é bonitinho nos primeiros minutos. Vai lá primeira meia hora… Mas depois começa a cansar. Gostei das palavras e principalmente do corte de cabelo. Zeila versão 2013. Chique no úrtimo.

  8. Adorei esse blog!! Agradecimentos a Laura Vidmontas pela indicação =)

  9. Deborah permalink

    Onde a gente da um curtir no blog?…. eu já vi o novo corte?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: